| Regulamento |

REGULAMENTO GERAL DOS CAMPEONATOS E NORMAS DA FTMSP - EXERCÍCIO 2021

 

 

 

I – DOS PARTICIPANTES

 

Poderá participar dos Eventos Oficiais da FTMSP, sempre que obrigatoriamente:

 

a) Fazer sua inscrição junto a FTMSP através de um filiado (clube, associação, e/ou entidade esportiva) que esteja com registro atualizado, em ficha própria, antes da competição, assim como o seu cadastro e/ou TRA atualizada na CBTM para temporada.

 

b) Nenhum atleta poderá participar de eventos promovidos pela FTMSP, como também pela CBTM se não estiver legalmente registrado/cadastrado junto às duas entidades na atual temporada.

 

c) As inscrições deverão ser realizadas através do site da CBTM.

 

NÃO SERÁ ACEITA OUTRA FORMA DE INSCRIÇÃO.

 

d) Ficará a critério da FTMSP, vetar ou não a participação do atleta, caso o mesmo não se apresente de forma legalmente registrada para temporada;

 

e) Tenha a ficha de registro preenchida pelo pai ou responsável legal, se for menor de 18 (dezoito) anos.

 

f) Esteja de acordo com a legislação vigente.

 

g) O registro de atleta deverá ser acompanhado da cópia do documento de identidade ou outro tipo de documento de identificação com foto;

 

h) Esteja devidamente uniformizado de acordo com item "c" do Artigo VII - "DOS MATERIAIS”, constantes deste regulamento.

 

i) Faça a sua transferência legalmente, pois um atleta que já tenha assinado ficha de registro, só poderá se transferir de clube na mesma temporada, somente com a carta de liberação assinada pelo presidente do clube a que estiver filiado, e com firma reconhecida. Importante lembrar que, no final de cada temporada, o atleta estará livre da exigência acima (letra l), e poderá se transferir na temporada seguinte para o clube que melhorlhe convier;

 

j) Transferência Estadual – Foi criada em Assembléia Geral Ordinária, realizada em 18/02/2017, a Transferência de atleta entre clubes filiados da FTMSP, no decorrer de cada temporada. Exemplo: O atleta se registra no mês de fevereiro pelo clube “A” – no mês de maio esse mesmo atleta resolve se transferir para o clube “B”. Esse atleta pagará uma taxa no valor de R$ 150,00 (cento e cinqüenta reais);deste valor, ficou estipulado que, 60% (sessenta por cento)ficarão com a FTMSP e 40% (quarenta por cento)com o Clube de origem, isto é, para o clube que registrou anteriormente o atleta naquela temporada.

           

Parágrafo Único: - O percentual que caberá ao clube (40%), não será repassado em espécie para o filiado. Ficou acordado que a quantia ficará numa conta corrente daquele clube e deduzido ao longo da temporada, por meios de taxas cobradas pela Federação (anuidade, inscrição em competições e etc...).

 

k) Sobre as Ligas – Atendendo orientação da CBTM, as Ligas não poderão participar como clubes dos eventos da federação. Por sua vez, os clubes, para participar das competições oficiais da modalidade, obrigatoriamente deverão ser filiados a FTMSP e, conseqüentemente cadastrados na CBTM.

 

l) Também seguindo orientação CBTM, as ligas para realizarem eventos deverão estar devidamente regularizadas perante esta FEDERAÇÃO.

 

II – DAS CREDENCIAIS

 

a) Somente poderão participar das reuniões da FTMSP, representando o Filiado, pessoas devidamente credenciadas através de ofício assinado pelo Presidente da Entidade, devendo a credencial ser renovada anualmente.

 

b) A pessoa credenciada poderá assinar a ficha de inscrição de atleta.

 

c) Para participar em ASSEMBLÉIA GERAL, não será válida a credencial anual, devendo ser feita uma especifica para cada assembléia.

 

d) O clube será totalmente responsabilizado por qualquer ato assumido pela pessoa credenciada perante as autoridades da FTMSP.

 

III  – DOS CAMPEONATOS E CATEGORIAS

 

Os campeonatos a serem realizados durante o ano serão os seguintes:

 

Ranking Paulista e Paulistão (TMB Estadual - Campeonato Paulista)

 

a) Individual (A data de referência para definição da categoria por idade será o dia 31 de dezembro do ano corrente)

 

01. Super Pré Mirim (masculino e feminino) - Até 11 anos

02. Mirim (masculino e feminino) - 12 e 13 anos

03. Infantil (masculino e feminino) - 14 e 15 anos

04. Juvenil (masculino e feminino) - 16 a 19 anos

05. Juventude (masculino e feminino) - 20 e 21

06. Absoluto A (masculino e feminino) - Idade Livre

07. Lady (feminino) - 30 a 39 anos

08. Sênior (masculino) - 30 a 39 anos

09. V40 (masculino e feminino) - 40 a 49 anos

10. V50 (masculino e feminino) - 50 a 59 anos

11. V60 (masculino e feminino) - 60 a 69 anos

12. V70 (masculino e feminino) - 70 anos ou mais

 

b) Campeonato Paulista de Equipes

 

01. Divisão Geral Masculina

02. Segunda Divisão Masculina

03. Primeira Divisão Masculina

04. Divisão Geral Feminina

05. Primeira Divisão Feminina

 

*Cada clube poderá inscrever para essa competição quantas equipes quiserem.

*Ocorrerá um dia de disputa para definição das divisões das equipes.

 

As disputas serão realizadas de acordo com a deliberação do Departamento Técnico, em função do número de participantes.

 

IV - LIMITE DE IDADE

 

(A data de referência para definição da categoria por idade será o dia 31 de dezembro do ano corrente)

 

Os Limites de Idade são baseados nas categorias CBTM

 

01. Super Pré Mirim (masculino e feminino) – Até 11 anos

02. Mirim (masculino e feminino) – 12 e 13 anos

03. Infantil (masculino e feminino)     - 14 e 15 anos

04. Juvenil (masculino e feminino) – 16 a 19 anos

05. Juventude (masculino e feminino) – 20 e 21

06. Absoluto A (masculino e feminino) – Idade Livre

07. Lady (feminino) – 30 a 39 anos

08. Sênior (masculino) – 30 a 39 anos

09. V40 (masculino e feminino) – 40 a 49 anos

10. V50 (masculino e feminino) - 50 a 59 anos

11. V60 (masculino e feminino) – 60 a 69 anos

12. V70 (masculino e feminino) – 70 anos ou mais

 

 

V - FORMAS DE DISPUTA

 

  • RANKING PAULISTA

 

a) Caso não haja 04 (quatro) atletas participantes, a FTMSP poderá fazer a junção com outras categorias para a complementação, mesmo em casos em que outras categorias estejam completas.

b) Nos eventos olímpicos e paralímpicos, as categorias com até 05 (cinco) atletas serão organizadas em grupo único.

c) A FTMSP poderá promover o acesso ou descenso de atletas das categorias ou classes, conforme necessidade do evento. Isto é, poderá remanejar atletas para categorias, ou classes diferentes de seus originais.

d) A classificação das competições será da seguinte forma:

 

1º Lugar: Vencedor da Final

2º Lugar: Perdedor da Final

3º Lugar: Perdedores da Semifinal

5º Lugar: Perdedores das Quartas de Final

9º Lugar: Perdedores das Oitavas de Final

 

e) Em caso de Grupo Único, a classificação será feita pela posição final, conforme resultado de todos os confrontos, respeitando-se os critérios de desempate estabelecidos nos regramentos de grupos.

 

f) Para a realização da programação dos jogos dos grupos da competição (Ranking e Classes), será utilizada como base a pontuação do último dia possível de inscrições para o respectivo evento.

 

g) O Sistema COBRA será utilizado como padrão para alocação dos(as) atletas nos grupos da competição, podendo haver modificações em casos específicos.

 

h) Nos casos em que atletas do mesmo clube estejam em um mesmo grupo, estes poderão ser remanejados, conforme critérios:

 

I. Poderá ser feita a inversão da ordem de alocação dos(as) atletas quando da existência de 03 (três) atletas por grupo.

 

II. Grupos com 03 (três) atletas – caso haja 02 (dois) atletas do mesmo clube neste grupo, estes poderão ser remanejados, sempre que possível;

 

III. Grupos com 04 (quatro) atletas – caso haja 03 (três) atletas do mesmo clube neste grupo, estes poderão ser remanejados, sempre que possível.

 

i) Após a fase de grupos, para alocação na fase seguinte, caso haja empates ocorridos entre 3 (três) ou mais atletas, em quaisquer colocações, os mesmos serão decididos pela apuração dos resultados obtidos somente entre as representações empatadas, utilizando-se da(s) seguinte(s) fórmula(s), nesta ordem:

 

Sistema de Desempate - CBTM

Obs: Esse desempate é gerado automaticamente pelo sistema CBTM WEB

 

j) Sorteio

 

k) Se os empates se registrarem apenas entre dois atletas nos grupos desta fase, em quaisquer colocações, a decisão dar-se-á com base no resultado do confronto direto entre os próprios.

 

l) Todos os jogos serão em melhor de 05 (cinco) sets.

 

m) Os jogos obedecerão às regras da I.T.T.F..

 

n) Os Campeonatos terão a forma de disputa de grupos com no máximo 04 (quatro) atletas, classificando 02 (dois) atletas por grupo, onde os classificados jogarão a próxima fase em eliminatória simples.

 

o) Poderão participar dos Campeonatos, todos os atletas que estiverem legalmente inscritos junto a FTMSP e CBTM.

 

 

  • CAMPEONATO PAULISTA DE EQUIPES

 

a) O Campeonato Paulista de Divisões será disputado na categoria Masculino e Feminina. Abaixo segue o sistema por equipes. Cada equipe poderá inscrever até 4 (quatro) atletas, sendo obrigatória a participação de 2 (dois) atletas.

 

Os jogos seguirão conforme seqüência abaixo:

1) - A  x  X

2) - B  x  Y

3) DUPLAS

4) – A x Y

5) – B x X

 

 

Quando uma equipe completa 3 (três) vitórias, a série dos jogos será encerrada com a vitória desta.

 

b) Devido a fatores externos (COVID) o sistema de disputa pode ser alterado, sendo avisado com o máximo de antecedência. 

 

 

DA DEFINIÇÃO DA DIVISÃO DE CADA EQUIPE:

 

a) As equipes serão divididas em grupos pelo sistema snake (SERÁ ADOTADA COMO PONTUAÇÃO DE CADA EQUIPE A SOMA DOS PONTOS DO RATING CBTM DE CADA ATLETA  DIVIDA PELO NUMERO DE ATLETAS INSCRITOS POR EQUIPE)

 

b) Poderão cair no mesmo grupo na primeira fase do torneio, equipes do mesmo clube (acontecendo isso, elas se enfrentarão em primeiro jogo).

 

c) Os primeiros colocados de cada grupo irão disputar a fase final na primeira divisão.

 

d) Os segundos colocados de cada grupo irão disputar a fase final na segunda divisão.

 

 

e) Os terceiros colocados de cada grupo irão disputar a fase final na terceira divisão.

 

f) Os quartos colocados de cada grupo irão disputar a fase final na terceira divisão.

 

 

Obs: Não havendo o numero mínimo de clubes para se jogar a terceira divisão, os clubes sobem automaticamente para a segunda divisão, cairão automaticamente para a Divisão Geral.

 

g) Na segunda fase as equipes serão novamente dividas em grupos.

 

 

VI - TROFÉU EFICIÊNCIA

 

O clube que obtiver o maior número de pontos no Campeonato, consoante tabela abaixo, será considerado Campeão Geral Coletivo do Ano:

 

Pontuação Base

 

1º. Lugar:            20 (vinte) Pontos

2º. Lugar:            14 (catorze) Pontos

3º. Lugar:            10 (dez) Pontos

4º. Lugar:            8 (oito) Pontos

5º. Lugar:            7 (sete) Pontos

9º Lugar:             3 (três) Pontos

 

Multiplicadores

 

Campeonato INDIVIDUAL

Categoria Geral (feminino): x 01 (vezes hum)

Categoria da 1ª. Divisão (masculino e feminino): x 05 (vezes cinco)

Ranking Paulista: x 02 (vezes dois)

Paulistão: x 04 (vezes quatro)

 

Campeonato de EQUIPES

Categoria Geral (masculino): x 02 (vezes dois)

Categoria da 2ª. Divisão (masculino): x 04 (vezes quatro)

Categoria da 1ª. Divisão (masculino): x 08 (vezes oito)

 

Pontuação Final

 

A pontuação final será dada pela PONTUAÇÃO BASE com a sua respectiva classificação, multiplicada pelo multiplicador.

 

Nota

 

Todos os Campeonatos aprovados em Assembléia pela FTMSP válidos para o ano corrente e com participação de atletas e clubes federados, contarão pontos para o Troféu Eficiência.

 

VII - DOS MATERIAIS

 

a) Mesas – São as aprovadas pela FTMSP para as disputas dos Campeonatos Oficiais.

 

Obs.: Caso o clube tenha mesa de outras marcas, a sua aprovação ficará a critério do "Departamento Técnico" presente no Campeonato.

 

b Bolas - só poderão ser utilizadas bolas de cor branca, material de plástico e sistema ABS, 40 mm de diâmetro e aprovadas pela ITTF.

 

c) Uniforme - o vestuário de jogo consiste de uma camisa de manga curta, e calção (de cores distintas do branco, conforme regra da ITTF) meias e tênis. Outras roupas como agasa­lhos, não podem ser usados para jogar, salvo se permitido pelo árbitro geral.

 

  • A camisa de jogo e o calção serão de uma cor uniforme, podendo a camisa ter o colo, as mangas e listras a extensão de costura de cor diferente.
  • Marca do fabricante, na frente ou no lado, desde que não sobressalente ou brilhante limitada em uma área total de 24 (vinte e quatro) centímetros quadrados.
  • Distintivo do Clube ou Federação não brilhante, limitado em um espaço de 64 cm².
  • As questões de legalidade e aceitabilidade de vestimentas de jogo serão resolvidas pelo "Arbitro Geral" no início da competição.

 

d) Raquetes

 

1) - Estilo "Clássico”: As borrachas deverão ser de cores diferentes - de um lado preto e do outro lado         vermelho.

2) - Estilo "Caneta": A borracha pode ser de cor preta ou vermelha, sendo que o lado oposto deve estar        manchado de vermelho ou preto, respectivamente, diferenciando-se as cores de um lado e outro.

3) - Estilo “Classineta”: As borrachas deverão ser de cores diferentes - de um lado, preto e do outro lado vermelho.

4) - Borrachas ou pinos sem a marca do fabricante ou sem a autorização da ITTF, não poderão ser utilizados.

5) - Borrachas ou pinos cortados em faixas de dois ou mais pedaços, não poderão ser utilizadas.

 

VIII - GERAL

 

a) A realização de um campeonato só será possível dentro dos seguintes números de atletas ou equipes:

 

  • Campeonato de Equipes: 06 (seis) equipes.

 

b)Será aplicada uma multa do dobro do valor da inscrição ao clube filiado, referente o número de atletas que deixaram de comparecer a disputa programada pela FTMSP, quando inscrito, se não houver justificativa pelo não comparecimento ao local do jogo.

 

c) Será cobrada uma taxa de inscrição nos Campeonatos, Taxa de transferência, emissão de carteira, , taxa de premiação e outras taxas necessárias a promoção de eventos.

 

d) A FTMSP poderá vetar a participação de atletas sem o devido uniforme.

 

e) A FTMSP designará os árbitros para atuarem nas competições.

 

f) Os horários de inícios dos jogos serão determinados pelo Departamento Técnico.

 

Obs - 1: Se não for cumprido o constante no Parágrafo IV "Limites de Idades", o Clube será multado no valor correspondente a 10 (dez) inscrições, além da desclassificação do atleta.

Os atletas que tiverem atitudes indisciplinadas serão julgados pelo Tribunal de Justiça Desportiva da FTMSP e serão passíveis de multa.

 

Obs – 2: Poderão instruir os atletas, os técnicos credenciados e inscritos na Competição, sendo obrigatório a inscrição do mesmo no evento.

 

g) O W-O será caracterizado quando o jogador, dupla ou equipe não comparecer na mesa de jogo após 10 (dez) minutos da sua chamada na área de jogo. Em competições por equipe, em caso do jogador não comparecer, será concedido o ponto desse confronto à equipe adversária. A não comprovação da presença dos atletas no momento da escalação se caracteriza o W.O., com a vitória da equipe adversária. A vitória por W-O deverá ser declarada pelo Arbitro Geral ou seu substituto na mesa de controle.

 

Nota: Em competições individuais, se for caracterizado W.O. de um atleta, o mesmo será eliminado da competição qualquer que seja a etapa em andamento da competição, ele perdera a posição conquistada e estará sujeito às penalidades de descenso conforme o item VI. 2.

 

 

IX - CONVOCAÇÃO PARA SELEÇÃO PAULISTA DE TODAS AS CATEGORIAS

 

a) O Campeão Paulista e os dois primeiros colocados do Ranking da FTMSP, terão convocação automática.

 

b) Em caso de coincidência do Campeão Paulista ser o Primeiro ou o Segundo colocado do Ranking, será convocado o Terceiro colocado do Ranking.

 

c)A quarta vaga será decidida por INDICE TÉCNICO

 

X - RANKING:

 

a) Objetivos

 

  • Estabelecer critérios para a elaboração dos cabeças de chaves no Campeonato Paulista.
  • Indicar atletas para a Seleção Paulista.
  • Ter parâmetro quantitativo de nível dos atletas, assim como premiações referentes aos mesmos.

 

b) Condições

 

  • Os cabeças de chaves da Primeira Etapa do Ranking serão definidos pelo RATING CBTM.. Nos demais campeonatos os cabeças de chave serão definidos pela sua posição no Ranking FTMSP.

 

c) Os torneios do ranking serão obrigatoriamente dirigidos pelo Depto. Técnico da FTMSP.

 

d) Sistemática

 

A pontuação será determinada conforme estabelecida a seguir:

 

  • Campeão: 20 pontos
  • Vice Campeão: 14 pontos
  • 3º Colocado (semifinal): 10 pontos
  • 5º Colocado (quartas-de-final):07 pontos
  • 9º Colocado (oitavas-de-final): 03 pontos
  • 17º Colocado (dezesseis avos a diante ou eliminado na fase de grupos): 0,5 ponto
  • No Campeonato Paulista Individual a pontuação é o dobro da pontuação acima.

 

XI - SORTEIO DOS CAMPEONATOS

 

a) O sorteio será realizado obrigatoriamente pelo Departamento Técnico da FTMSP para todos os torneios.

 

b) Fase de grupos:

  • O Departamento Técniconumeraos cabeças de chavede acordo com o Ranking corrente.

 

c) Fase eliminatória

  • Os atletas serão posicionados na chave final de acordo com o departamento técnico, podendo haver sorteio ou não, dependendo do sistema da competição.

 

d) Critérios do Sorteio:

  • Posicionar os cabeças de chave definidos pela colocação da fase anterior.
  • Posicionar os Byes para os cabeças de chaves
  • Sortear os Byes remanescentes (se houver).
  • Sortear os demais atletas separando-se os atletas que enfrentaram na fase imediatamente anterior, não permitindo que os mesmos se enfrentem até a final.

 

XII - INFORMAÇÕES GERAIS

 

a) Contará para o Ranking Paulista, os torneios do Ranking Paulista (SEIS etapas) e o Campeonato Paulista.

 

b) O Campeonato Paulista Individual será disputado entre os 24 (vinte e quatro) primeiros classificados do Ranking Paulista, em todas as categorias masculinas e os 16 (dezesseis) primeiros colocados do Ranking Paulista em todas as categorias femininas,

 

Os pontos do Ranking serão zerados no final de cada temporada, e será iniciado um novo ranking na temporada seguinte.

 

 

"O DEPARTAMENTO TÉCNICO DA FEDERAÇÃO DE TÊNIS DE MESA DO ESTADO DE SÃO PAULO, RESERVA O DIREITO PARA SOLU­CIONAR, SOBERANAMENTE, QUAISQUER ASSUNTOS OMISSOS OU PROBLEMAS TÉCNICOS NÃO PREVISTOS NESTE REGULAMENTO".

 

 

Santos, 25 de fevereiro de 2020